26 janeiro 2014

"Missão dos poetas"

E vamos começar nossos trabalhos por aqui refletindo sobre ser escritor e poeta. Afinal com bases fixas encontramos o caminho firme das pedras!

Trazemos então para esta reflexão um trecho do livro Sobre Os Escritores (veja mais aqui e aqui ) de  Elias Canetti. Texto compartilhado pela querida amiga e poeta Carmen Silvia Presotto no site Vidráguas ( passe lá para conhecer)


Imagem: Tumblr

 "Em um mundo focado em desempenho e especialização, que não enxerga senão os vértices que almejamos numa espécie de limitação linear, um mundo que investe toda a força para atingir a solidão fria dos vértices e que despreza e elimina o que é acessório, o que é múltiplo e o que é essencial, que não se oferece para conquistar os vértices, em um mundo que cada vez mais proíbe a transformação porque esta se contrapõe ao propósito único da produção, que multiplica sem escrúpulos os meios para sua autodestruição, simultaneamente tentando sufocar aquilo que ainda existe em termos de qualidades humanas anteriormente adquiridas, neste mundo, que podemos designar como o mais cego de todos os mundos, parece ser de cardeal importância que existam pessoas que, apesar dele, continuem exercitando este dom da transformação.

Esta penso, deveria ser a verdadeira missão dos poetas. Graças a um dom que era coletivo e agora está condenado à atrofia, mas que precisam de todas as formas tentar conservar, eles deveriam manter abertos os canais entre as pessoas. Deveria ser capazes de se transformar em qualquer pessoa, mesmo a menor, a mais ingênua, a mais impotente. Seu prazer em reviver, dentro de si mesmos, as experiências dos outros, jamais poderia ser determinada pelos meios dos quais consiste nossa vida normal, por assim dizer, oficial. Este prazer deveria ser totalmente isento da intenção de almejar êxito ou fama, deveria ser uma paixão em si: justamente a paixão da transformação."

Elias Canetti, p.129, Sobre Os Escritores, Apresentação Ivo Barroso, Coleção Sabor Literário, JOSÉ OLYMPIO



Sejam todos bem vindos!

Um abraço poético!

Um comentário:

  1. Eis a função do poeta, estar, trocar, conVersar.

    Feliz demais com mais este espaço para difundir a importância da Poesia em nossas vidas e dia a dia.

    Um beijo grande Vanessa e seguimos.

    Carmen Silvia Presotto - Vidráguas!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]