19 março 2014

Entrelinhas

Hoje eu parei pra escrever, alguma coisa, assim, sobre você, e simplesmente me deixei levar pela emoção de poder te sentir. E mesmo que fosse só em pensamento, eu pude te tocar tão intensamente que parecia real. Em meio as linhas eu pude descobrir o que você representava em minha vida, o seu papel nela. E te descrever parecia ser tão fácil pra mim. Entrelinhas pude te desenhar em palavras. Fui a cada parágrafo te descrevendo como se fosse a mim. Eu te conhecia de uma forma a qual não conhecia a minha própria pessoa. E você estava presente em cada palavra que formava uma linha. Em cada linha que formava uma frase, em cada frase que formava um poema, em cada poema que eu escrevia. Você estava presente em todo o meu pensamento descrito naquele papel manchado de saudade.

- Eduarda Lins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]