14 março 2014

In Felicidade



Quando perguntarem por mim
Diga que ainda estou aqui
Esbanjando felicidade
E que, embora não seja toda verdade
Ninguém precisa saber 
Que por vezes choro a noite
Até adormecer
E sempre que o dia amanhece
O meu sorriso aparece
Tudo se enche de alegria
E eu consigo (sobre)viver mais um dia.
E quando perguntarem por mim
Diga que ainda estou aqui
Esperando a felicidade!

___________________________________

Por: Cácia Dantas
Imagem: Google
Edições de Imagem: Cácia Dantas 

Bom dia pessoal!
Aqui está o meu post semanal. Poeminha fresquinho, acabei de criá-lo! =)
 Espero que curtam. Beijos. Cácia Dantas

8 comentários:

  1. Que bela criação Cá! Estou encantada!
    É como diz a música. Levanta sacode a poeira e dá a volta por cima!

    Lindo demais! =)

    ResponderExcluir
  2. Lindo Cá, adorei!
    Muitas vezes a gente faz isso mesmo. Se esconde atrás de um sorriso quando está quebrado por dentro...
    É difícil, mas o sorriso, na maioria das vezes, ganha de verdade essa batalha e volta a brilhar de verdade.
    Parabéns pelo poema!

    ResponderExcluir
  3. Engraçado, Cá! É essa a minha filosofia, "ninguém precisa saber" o que eu só conto pras noite!
    Feliciade a gente divide, o resto... Bom, o resto é resto e dele eu deixo que a Vida tome conta!
    Lindo texto!!

    ResponderExcluir
  4. Muitissimo obrigada meninas!!!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  5. Lindo poema...
    Me fez lembrar dos poemas do Théo Lemma.

    ResponderExcluir
  6. Realidade pura, amei esse poema. "E sempre que o dia amanhece o meu sorriso aparece." Quantas vezes isso já aconteceu comigo ein. Depois dá uma olhadinha no meu blog? *-*
    Triunfo Adolescente - Confira ;)

    ResponderExcluir
  7. Muitíssimo obrigada! É muito gratificante ver que estão gostando das minhas simples palvrinhas! ;)

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]