10 maio 2014

Somewhere Over the Rainbow

Imagem: Pesquisa Google



Ás vezes bate uma vontade louca de fugir, sabe?
Ir para algum lugar tranquilo, distante, onde nenhum som do mundo pudesse me alcançar.
Um lugar onde eu pudesse deitar e olhar para o céu, brincar de descobrir desenhos em nuvens, sonhar que elas são feitas de algodão doce e que eu posso alcança-las para comer um pedaço.
Um lugar onde as flores me cercassem e os passarinhos me entendessem. 
Onde eu não precisasse dizer nada e apenas pudesse relaxar e encontrar a paz que os dias de hoje nos tira.
Onde eu pudesse fechar os olhos e ouvir o barulho do vento, sentir a brisa suave batendo em meu rosto, o sol ameno de uma meia estação, as cores do dia, os encantos da natureza...
Um lugar onde eu não precisasse pensar com lógica e nem seguir as racionalidades da vida. 
Onde eu pudesse ser livre e não tivesse que ser sempre responsável ou compreensiva.
Onde um tapete de grama fosse a minha cama e um céu azul o meu cobertor.
Um lugar que me fizesse sentir como se estivesse dentro dos meus livros, vivendo em outro século, em outro mundo, uma outra vida, com um final feliz.
Para onde devo ir? Em qual direção encontra-se tal refúgio?
E o que eu faço com essa vontade de estar em um lugar que sequer sei se existe?

Ahh mas se eu encontro esse caminho...
Escondo a trilha e ninguém me tira de lá.




8 comentários:

  1. "Vontade de estar em um lugar que se quer sei se existe". Como eu entendo esse sentimento, como eu sei que ele pode ser tão forte e tão presente ao ponto de nos parecer que somos indiferentes à Vida. Obervando-nos nesses momentos, algumas pessoas chegam mesmo a pensar isso, né? Mas nós, e somente nós sabemos que é justamente o contrário. Adoramos a Vida na sua forma mais plena, e o caos que em as vezes nos encontramos é que nos faz desejar uma nova e melhor realidade. No fim das contas, Ju, acho que é esse sentimento que nos move na busca de um mundo melhor, dentro e fora de nós! ;)

    Adorei seu texto, como sempre!!!! Fica bem! Bjks gêmeas! :3

    ResponderExcluir
  2. Ju! Também quero um lugar desse! E se você char a trilha não esconda antes de me mostrar viu?! Rs
    Adorei seu texto. Assim como todos os outros!!!
    Beijoo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Cá, pode deixar!
      Assim que eu encontrar tal refúgio, dividirei com quem precisar dele também!
      Obrigada pelo comentário!
      bjo

      Excluir
  3. Ju!!!!! Sempre nos encantando!!!
    Muito fofa! <3

    "Onde eu pudesse ser livre e não tivesse que ser sempre responsável ou compreensiva."

    Peguei pra mim! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não é, Van!
      Toda a hora a gente tem que entender e aceitar, entender e aceitar, uma hora cansa!
      Obrigada pelo comentário e pode pegar as frases sempre que precisar! haha
      Bjos

      Excluir
  4. Realmente lindo e profundo!!!! Parabéns!!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Isadora!
      E eu tava de um jeito que achei que nem ia conseguir postar.
      Mas a inspiração sempre vem de surpresa!
      Obrigada pelo comentário.
      Bjo

      Excluir

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]