01 agosto 2014

Mais uma vez!

Imagem: Google

Eu criei expectativas mesmo! E sempre. E mais uma vez. E me decepcionei de novo! Eu até queria, mas ainda não consigo parar de tentar. Sempre digo que foi a última vez, que não acontecerá de novo. E de repente estou eu de novo me deixando aproximar, e me deixando envolver, e indo, e quando tô quase chegando... caio! Nem sempre de uma vez, mas a ponte que já estava quase construída vai se desfazendo e eu vou caindo... quando vejo, já foi! Desabou! E então surpreendo a mim mesma e me vejo tentando mais uma vez... num ciclo viciante, me aproximando, me decepcionando, me remendando e tentando sempre e de novo! Mais uma vez!

____________________________________________________
Por: Cácia Dantas

4 comentários:

  1. Cááá!

    Conectaram um chip espião entre a gente também??? rs

    Expectativas... A gente ñ tem noção do quanto nossas vidas poderiam ser menos complicadas se essas não existissem, se a gente ñ as alimentasse. Acho que porque confundimos o ter expectativa com o ter ESPERANÇA, e daí fazemos desandar tudo, uma, duas, tantas vezes... Parece realmente um ciclo como você diz, mas não é não. Penso que de cada queda a gente levanta um tiquinho mais fortes e um dia finalmente acabamos por perceber que a VERDADEIRA ponte sempre esteve lá, bem na nossa frente. A gente só não tinha os olhos de ver!

    Amei seu texto! Parabéns!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Malu será se conectaram a gente? rs

    Talvez haja a confusão entre expectativa e esperança, mas creio que às vezes uma leva à outra e acabamos por dar de cara com as decepções... No entanto, vamos continuar esperando e 'expectativando" pra ver no que dá! Um dia a gente termina essa ponte ou como você disse, abre os olhos e enxerga que ela sempre esteve lá!

    Obrigada!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Cá!
    Aqui quem vos fala é a Rainha das Expectativas!
    Aquela que constrói castelos enormes e só depois percebe que os fez em cima de um monte de areia. Movediça, ainda por cima.
    A Mestra das cabeçadas na parede e da vontade de dar uma chance e tentar mais uma vez porque "dessa vez vai ser diferente".
    Da última vez, não foi.
    E ainda assim, me vejo pensando se quem sabe, da pr[oxima vez não será?

    Adorei Cá!
    PS: Pare de espiar meu cérebro!

    hahaha
    Bjossssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Juro que não ando espiando ninguém! rs
    Acontece com a gente. Acaba sendo natural essa criação de expectativas.
    Um dia a gente aprende a deixar de tentar mais uma vez! ;)
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]