10 agosto 2014

Overdose de Ideias

Fonte da Imagem: Blog Meu mundo


Os pensamentos me consomem enquanto os dias vão passando. A cabeça cheia de ideias, as mãos coçando para escrever.
Uma bagunça geral se instala, e é tanta coisa acumulada que mal dá para saber por onde começar a faxina. É uma pilha interminável de sentimentos, despencando por uma pilha ainda maior de pensamentos.
É uma frase que bate e logo forma um poema. É uma música que vem e faz sacudir a poeira acumulada de uma fase infértil. É o vento que traz palavras e as reúne, formando algo gostoso de ler.
É o frio, e uma caneca de leite quente no meio da noite. É o sonho, que atormenta esta alma inquieta. O caderno na cabeceira da cama. O computador ao alcance das mãos.
É uma overdose de ideias.
Pura e simples inspiração.

2 comentários:

  1. Overdose de ideias, inquietação, pensamentos desencontrados e sentimentos à mil. Sei bem o que é isso, Ju. Graças a Deus temos os cadernos, o computador, enfim... a escrita, como válvula de escape!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Pois é Malu!
    Ainda bem que a gente consegue despejar nas palavras tudo aquilo que nos consome, senão eu tava perdida! kkk
    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]