27 outubro 2014

Uma dose por favor...

Boa Noite Amigos leitores

Há dias que a inspiração some e rodeamos em nosso eixo sem sairmos do lugar. Nesses dias nossa salvação é saborearmos uma boa "dose" de poesia.

Hoje deixo-vos uma dose de Pessoa:


imagem google


Isto

Dizem que finjo ou minto
Tudo o que escrevo. Não.
Eu simplesmente sinto
Com a imaginação.
Não uso o coração.

Tudo o que sonho ou passo, 
O que me falha ou finda, 
É como que um terraço
Sobre outra coisa ainda. 
Essa coisa que é linda.

Por isso escrevo em meio
Do que não está ao pé,
Livre do meu enleio,
Sério do que não é.
Sentir? Sinta quem lê!

Fernando Pessoa 

Fonte: Pessoa, Fernando. Editora klick. Coleção BibliotecaZH98. Poemas Escolhidos, p. 177


Obrigado por sua visita.
Tenha uma ótima noite e excelente semana


Um comentário:

  1. Amo esse poema, Ildo! Aliás, Pessoa como poeta é simplesmente perfeito! :) Bjs!

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]