14 maio 2015

Canção para um amor quase perfeito*


Rola por minha face as lagrimas d’um amor quase perfeito
De uma paixão sem nome, tatuada em meu peito
De um amor tão intenso e tão imperfeito, que dilacera meu coração.

Amor que mora distante
Que não tenho em meus braços nessa manhã fria
Onde descansas?
Será que dormes ou entrega-se aos devaneios teus (meus)?
É uma fria manhã de outono já anunciando o inverno
Me sinto uma quase romântica, ingênua
Sonhando um amor que tão longe está.
Amor quase perfeito, que se alojou em meu coração
Quisera eu ter minha pessoa amada aqui, do meu lado
Nesse e em todos os próximos instantes, dentro da eternidade e além...

Mas, quando a fatal realidade domina e a razão tende a estar no comando
Tento esquecer-me do sofrer, por saber que a dor nesses momentos
Se torna maior que a quilometragem que nos separa.

Amor que mora distante
Meu coração que sempre livre foi para escolher quais caminhos traçar
Hoje deseja estar cada vez mais preso a você. Sob os domínios teus
E se não for pra ser assim, é preferível ficar por aí, vagando sozinho
Pois, meu único desejo é estar contigo, não há mais o que determinar
Nem se tem muito mais a dizer...

Amor quase perfeito, que rasga meu peito
Devoto-te meu amor. Não é o amor maior do mundo
Muito menos o que é descrito por tantos poetas
Meu amor é imperfeito, ou quase perfeito... é cheio de erros
Mas, com alguns raros e significativos acertos!
É simples, sem muita maquiagem e com algumas proteções
É um sentimento alojado em meu coração,
Coração este que há muito tempo já não é mais meu e sim teu!

Escapam por minha face, as lagrimas d’um amor perfeito em sua imperfeição
De um amor que não é mais amor que outros amores, mas que é o amor que te devoto
De uma paixão que faz sangrar o peito
De uma coisa sem freio ou qualquer tipo de contenção
Uma loucura, um desejo
Um amor tão intenso, tão imperfeito que dilacera meu coração
Coração este, que há muito tempo já não é meu e sim teu!

Manueli Dias

Um comentário:

  1. Homens tb sofrem mais ele não param a vida por causa das mulheres.
    Esse amor louco de tirar a paz e os pensamentos são parte do universo feminino, por isso as vezes sofremos por sermos levadas pela emoção e não pela razão.

    bjokas =)

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]