21 junho 2015

Bagunçada

Google Imagens

Me aceita assim, bagunçada como sou!
Não tenta me organizar, não caibo nesses compartimentos que existem por aí,
 sempre fica algo que não se encaixa.
Me aceita assim, bagunçada como sou!
Vou me organizando aos poucos, ajeitando-me às necessidades,
 as partes organizadas demais em mim, são as que quase não mexo,
 quase sempre nem passo perto. 
Me aceita assim, bagunçada como sou!
É em meio a bagunça que me encontro, é lá que eu estou,
 é lá que está a minha essência. Eu sou essa bagunça!
Me aceita assim, bagunçada  como sou!


____________________________________

Por: Cácia Dantas


4 comentários:

  1. Me aceita assim como sou! Enquanto lia teu texto fui lembrando de várias músicas e situações que passamos em nosso dia a dia. E fiquei me perguntando por que será que as pessoas querem tanto mudar as outras... Meio louca essa nossa mania né!

    Um abraço pra ti Cá!
    Arrasou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico numa felicidade toda vez que leio seus comentários e vejo que faço você se lembrar de músicas rsrs!
      Obrigada Van!
      Beijo

      Excluir
  2. Me identifiquei muito..
    Sou bagunçada também..rsrsrs... Adorei!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Isa!
      Amo quando as pessoas se identificam com minhas poucas palavrinhas escritas por aqui!
      Beijo

      Excluir

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]