26 julho 2015

Fuga

Google Imagens 

Me refugio nas lembranças, fujo do real quando preciso ir para longe, mas não posso.
Aprendi a controlar alguns desejos de fuga. 
Aqueles em que a vontade é sair por aí, sem destino, sem previsão de retorno... 
Quando já não quero estar presente, vou pra bem longe, fico inalcançável. 
Não deixo minha paz interior ser interferida. 
Quando quero, volto, sou alcançável facilmente... 
Às vezes me perco em pensamentos e me deixo ficar perdida! 
Faz bem, sabe?!


_______________________________

Por: Cácia Dantas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]