18 agosto 2015

SoproEvento


 Poesia aqui dentro é tempo 
E como o sopro do vento,
vai e volta peito a dentro!

Lá dentro move-se, remove-se
E quando de volta chega
desagua feito o rio no mar. 

Por isso vivo de soproEvento
feito de poesia liquida
que se resolve achar no tempo.

Vanessa Vieira 

Um comentário:

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]