12 outubro 2015

Lucidez




O impossível reluta
no imaginário demente
a dor corrompe a mente

O véu se partiu

Enfim, a luz
Ele retribuiu

Lágrimas doces
A vida se cumpriu

Liberto está


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]