01 julho 2016

Quando Não Existir Nada

Boa noite.

Quando Não Existir Nada



E quando acabarem as palavras
As flores murcharem
As folhas secarem

As estrelas se esconderem
Em outro planeta
Distante daqui

Quando o céu estiver cinzento
Com o sol escondido
Entre nuvens tímidas

Ainda assim
Estarei tentando
Rascunhar versos.

    Ótimo fim de semana.

                               Abraços.

                                        Isa Espinosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita!
Ficaremos muito felizes com teu comentário!

Att,
Nós, Poéticos e Literários!
nospoeticos@gmail.com

Design por Amanda
[ voltar para o topo ]